Ainda não há comentários

Friboi, da JBS, cria academia de carnes

Depois de introduzir o conceito de marca na categoria de carnes, a Friboi, linha de cortes bovinos da JBS, dá um novo passo em sua estratégia de marketing ao colocar no ar nesta terça-feira, 5, a plataforma Academia da Carne Friboi. O projeto de branded content, criado em parceria com ID, Globo e Lew’Lara/TBWA, é o maior investimento da empresa neste ano. Inicialmente está recebendo 40% da verba da anunciante prevista para 2016.

A plataforma tem Ana Maria Braga, Olivier Anquier e Guga Rocha como embaixadores e conta com um portal mobile first, hospedado na globo.com, com mais de 300 conteúdos, com 12 chefs de cozinha: Felipe Bronze, Ana Luiza Trajano, Jimmy McManis, Ivan Aschar, Clarice Chwartzmann, Flavio Myiamura, Carla Pernambuco, Mônica Rangel e Kathia Zanatta. O portal possui nove canais – Cortes, Receitas, Cursos, Dicas, Cozinha na TV, Pelo Brasil, Chefs, Toque final e Perfil – que oferecem, num primeiro momento, 105 vídeos.

A JBS espera impactar 130 milhões de brasileiros com o projeto e o plano de mídia da Academia da Carne inclui sete filmes para TV estrelados pelos embaixadores, merchandising nos programas É de Casa, Encontro, Mais Você e Malhação (todos da Globo), publieditoriais em revistas e jornais (pílulas do conteúdo online) e ações no ponto de venda (assinadas pela NewStyle), como tabloides, o “Cantinho Academia da Carne Friboi”, espaço com produtos selecionados e dicas de receitas, e ações cross branding apresentando harmonizações. Toni Ramos continua como garoto-propaganda da marca.

Segundo Maria Eugênia Rocha, gerente executiva de marketing da divisão de carnes da JBS, a empresa quer continuar na jornada do consumidor, indo da pré-venda e venda, para o preparo e consumo. “A marca quer atender às necessidades das pessoas e estar perto delas na solução. Buscamos um conteúdo de fácil entendimento e pequena durabilidade, com textos e fotos com receita, mas também com cunho jornalístico. Temos um objetivo claro: contribuir para o aumento do consumo de carne bovina”, afirma.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), o brasileiro teve um consumo per capita de 109kg de proteína animal em 2014, sendo aproximadamente 37% de carne bovina. Enquanto o brasileiro consome cerca de 41kg de carne bovina por ano, o argentino registra quase 60kg.

Curadoria
A principal aposta do projeto da Friboi é a produção de vídeos e a curadoria do conteúdo. Serão apresentados os mais variados cortes, além dos tradicionais, com receitas para o consumidor poder preparar pratos saborosos mesmo com carnes menos nobres. “Receita o consumidor tem em qualquer lugar. Quando tem chancela, muda de patamar. Daí a necessidade de ser referência”, destaca Eduardo Becker, diretor de comercialização de mídias digitais da Globo, que tem uma equipe especial responsável pela produção do conteúdo.

No primeiro acesso, o internauta tem a opção de fazer um login e, uma vez cadastrado, tem sua homepage personalizada de forma randômica com os temas mais buscados. Para acessar os vídeos, por exemplo, é necessário ter cadastro. Os demais conteúdos são abertos. A Academia da Carne Friboi oferece ainda o serviço de chat online (gerenciado pela E-life) com estudantes de gastronomia treinados para responder às dúvidas dos usuários sete dias por semana, das nove da manhã à meia-noite. A plataforma tem ainda ações de gamificação. Ao compartilhar um conteúdo os usuários ganham medalhas e, ao completarem os cursos e testarem os seus conhecimentos, recebem certificados.

“A marca Friboi aparece pouco no projeto. Sua missão é puxar a categoria. No momento de economia difícil, ensinar cortes mais baratos vai gerar resultados. Ajudará o consumidor a ser mais feliz com suas escolhas. Em um ano que Friboi está nas redes sociais, já triplicou a importância do digital para a marca”, comenta Camila Costa, CEO da ID.

Fonte: meio&mensagem

Postar um comentário